Busca

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Já ficou comum dizer "sonhei com isso".


Enviado por Lucas em 08 de Fevereiro de 2013



Venho tendo pequenos sonhos, e continuamente eles acontecem no meu dia a dia. 
No princípio achei que fossem deja vus, que são praticamente comuns, mas percebi que são realmente sonhos. 
Em algumas semanas ou meses, eles chegam a acontecer.

Comecei a recordar os que tive na infância, esse também aconteceram. Os mais comuns são pessoas que eu sonho antes de conhecer. 
Como um amigo meu, quando criança, que vinha de bicicleta, fingindo que iria me atropelar, de brincadeira. Depois de alguns anos eu conheci esse amigo, e contei à ele esse relato assim que aconteceu a cena.

Um sonho que ficou na minha cabeça por muito tempo foi uma imagem de mim, aos 11 anos, soprando uma vela de aniversário. Aquela imagem ficou dos meus 6 anos, mais ou menos, até o acontecimento. Sonhei com ela, diversas vezes, antes e depois do aniversário.

Chega a me dar medo, algumas vezes. Já ficou comum dizer "sonhei com isso", porém, não tem nada demais nos meus sonhos: não são previsões de catástrofes, ou acontecimentos reveladores.
São coisas simples, momentos comuns, alguns momentos de tensões, e outros momentos em que há alguma coisa de diferente com meus sentimentos.

Lembro da minha mãe ter me contado que meu irmão, quando pequeno, sonhou que um tio meu iria ser atacado com tijolos na rua, e que depois de algum tempo, aconteceu.

E por fim, o último sonho que tem me perturbado bastante foi uma cena, de um cara da faculdade, o qual eu ainda não conhecia. No sonho estávamos em uma lanchonete (ou talvez um café), e conversávamos como amigos. O mais impressionante, que no dia seguinte (primeiro dia do semestre na faculdade) ele apareceu. Eu, do terceiro período, e ele, do primeiro. Nunca havia o visto, nem se quer temos amigos em comum. O sonho me intrigou tanto, e eu passei a me interessar, fisicamente, por ele. Tive mais dois sonhos, um: em que eu o apresentava à minha mãe, em um restaurante todo branco; e o outro: em que tinha relações com ele.

Todos os sonhos me pareceram bem reais, e de uns tempos pra cá, nos adicionamos no facebook, e temos conversado diariamente. Tenho receio de contar à ele sobre os sonhos, mas tenho um pressentimento muito grande de que o primeiro sonho pode acontecer a qualquer hora.

Já passei a acreditar em sonhos premonitórios, tive provas suficientes para mim mesmo, e acredito que haja sim, alguma forma de nos avisarmos do que vai acontecer. Agora, em qual intensidade e assunto, não sei bem dizer. Assim como todos aqui, procuro respostas.

Obrigado.

2 comentários:

  1. Já tive sonhos que se tornou realidade. Já tive medo de dormir e sonhar. Meu último sonho foi com meu sogro, quando amanheceu soube que havia acabado de falecer.tmbm já sonhei com bichos e joguei e ganhei no jogo do bicho.

    ResponderExcluir
  2. Tenho sonhos assim, mas quando acordo me esqueço completamente e depois de um tempo acontece me dando a sensação de deja vu. Alguns são coisas simples, como ver pessoas que nunca tinha conhecido, outros não são nada bons o que me deixa com raiva, porque eu penso que se eu lembrasse poderia evitar acontecer. Não lembro desde quando tenho esses sonhos, até parece que tem um bloqueio, sei lá.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...